Mosteiro de Santa Maria de Salzedas

Mosteiro de Salzedas
Mosteiro de Salzedas
Mosteiro de Santa Maria de Salzedas
Monumentos

Foi no seu tempo um dos maiores mosteiros cistercienses de Portugal, donatário de vastas terras em redor, com obrigação de as cultivar e povoar.

A sua construção iniciou-se em 1155, logo após a doação das terras feita à Ordem por Egas Moniz, aio de D. Afonso Henriques, e sua mulher Teresa Afonso. Foi sagrado em 1255, quando o complexo monástico ficou completo.

A igreja, de grandes dimensões, sobressai, imponente, no meio do casario uniforme da pequena povoação que se formou a oriente. Entre os sécs. XVI e XVIII o templo foi profundamente remodelado e a fachada que hoje se vê, aliás inacabada, é totalmente setecentista. No interior ainda se encontram vestígios da estrutura primitiva, nomeadamente uma das capelas absidiais que ainda mantém os capitéis de decoração românica. Destacam-se dois quadros atribuídos ao mestre quinhentista Vasco Fernandes (Grão Vasco) representando Santo Peregrino e São Sebastião e várias outras telas do séc. XVII, de Bento Coelho da Silveira.

A parte monástica desenvolvia-se para o lado sul, em articulação com o rio Torno, no cumprimento da exigência de Cister de construir as suas dependências junto de cursos de água. Actualmente só restam dois claustros.

Fonte: Turismo de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *